Dicas /

Retarde o envelhecimento comendo uma castanha por dia

Uma castanha por dia, não mais do que isso, garante as doses de selênio de que seu corpo precisa para preservar cada célula,botar para fora possíveis substâncias tóxicas e viver mais.

 
Um estudo da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, atesta que a ingestão diária de duas castanhas-do-pará recentemente rebatizadas castanhas-do- brasil eleva em 65% o teor de selênio no sangue. Mas provavelmente os neozelandeses não usaram o legítimo produto brasileiro, pois as castanhas produzidas no Norte e no Nordeste do país são tão ricas em selênio que bastaria uma unidade para tirar o mesmo proveito.

 

A recomendação é de que um adulto consuma, no mínimo, 55 microgramas por dia. Com uma unidade da nossa castanha já é possível encontrar bem mais do que isso de 200 a 400 microgramas do selênio. Aliás, o limite de consumo diário do mineral é de 400 microgramas, portanto, não vá com muita fome ao pote.

 
E por que toda essa fama do selênio? Ele é essencial para acionar enzimas que combatem os radicais livres, responde Christine Thomson, a pesquisadora neozelandesa que investigou as propriedades da castanha. O selênio se liga a algumas proteínas já existentes em nosso corpo para formar essas enzimas antioxidantes, descreve, completando, Bárbara Cardoso. Na ausência dele, as tais enzimas ficam sem atividade e, então, deixam de combater os radicais e ainda desguarnecem as defesas do organismo.

 
O selênio traz alguns benefícios como ajuda a perservar o cérebro evitando o surgimento de doenças neurodegenerativas com a idade, melhora o funcionamento da tireóide

 

Para chegar à quantidade de selênio de uma castanha-do-pará (de 5 gramas), você teria que consumir, em média, o equivalente a…

 


3 filés de frango (100 gramas cada um) 

16 pães franceses (50 gramas cada um) 

100 copos de leite (200 mililitros por copo) 

10 ostras (33 gramas cada uma) 

3 latas de sardinha em conserva (130 gramas cada uma)

 

 

Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0298/nutricao/conteudo_278887.shtml?pag=2

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

© Farmácia Permanente - Sempre pensando em você!