Dicas /

Como tratar a sensibilidade dos dentes para aproveitar os gelados no verão

Sorvete, picolé ou uma água com bastante gelo para espantar o calor. No verão, o que é um alívio para alguns, para outros, pode ser sinônimo de desconforto. A hipersensibilidade está relacionada com a exposição da dentina, porção mais interna do dente, ao ambiente da boca, permitindo que ela entre em contato com estímulos.

 

Isso pode acontecer pelo desgaste ou perda do esmalte ou pela retração da gengiva, que deixa descoberta a parte já sem esmalte, podendo se apresentar de maneira contínua ou ser ocasional, dependendo dos hábitos e cuidados do paciente.

 

Aqueles que não conseguem abrir mão dos gelados podem tentar driblar o desconforto tomando os líquidos com um canudo, mas o ideal é evitá-los, conforme alerta o especialista José Eustáquio da Costa, professor da Faculdade de Odontologia da UFMG.

 

Alimentos e bebidas muito quentes também não são indicados para quem sofre com o problema, pelos mesmos motivos. “Muitos descrevem a sensação como um choque”, diz o docente. Nesta galeria, você pode conferir alimentos e bebidas que devem ser consumidos com cuidado por quem sofre com sensibilidade dentária.

 

Recomendações

 

Os cuidados indicados para quem tem hipersensibilidade são praticamente os mesmos para quem não tem e quer mantê-la longe: usar uma escova adequada, com cerdas macias e ponta arredondada, fazer movimentos suaves na escovação e usar fio dental, importante para remover pedaços de comida que podem fermentar e causar acidez.

 

Um hábito a ser evitado é o uso de creme dental branqueador, que geralmente tem componentes ácidos e exacerbam a sensibilidade.

 

Moraes lembra ainda da importância de tentar corrigir hábitos que levam ao desgaste do esmalte, como bruxismo, ingestão regular de refrigerantes e refluxo gástrico.

 

Consumir pouca água, fumar e beber álcool em excesso também são hábitos a serem evitados, pois favorecem a desidratação da boca, tornando o esmalte mais quebradiço e aumentando as chances de exposição da dentina.

 

Situações que favoreçam a retração das gengivas, como escovar os dentes com muita força, também deve ser evitadas, pois aumentam as chances a doença periodontal.

 

Tratamentos

 

Os tratamentos variam de cremes dentais para dentes sensíveis – que costumam trazer bons resultados no alívio do desconforto, especialmente em pacientes ocasionais – até intervenções profissionais em consultório, com produtos à base de flúor, ou mesmo laserterapia.

 

“Quando a pessoa achar que tem sensibilidade, deve procurar um dentista. Às vezes, ela pode confundir a sensibilidade com uma cárie, por exemplo”, alerta Costa.

 

FONTE: http://estilo.br.msn.com/saude-bucal/veja-como-tratar-a-sensibilidade-nos-dentes-e-aproveite-os-gelados-no-ver%c3%a3o

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

© Farmácia Permanente - Sempre pensando em você!